Logo e link para a página inicial do CDCC
CENTRO DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA E CULTURAL
Facebook YouTube

Dia 10 de fevereiro de 2018, às 20 horas

Duelo ao Sol

Duel in the Sun, EUA, 1946, Faroeste, 130 minutos
Direção: King Vidor
Elenco: Jennifer Jones, Joseph Cotten, Gregory Peck, Lillian Gish

Cartaz

Durante a expansão do território americano para o oeste, surgiram os chamados mestizos, filhos de índios nativos com brancos europeus. Pearl Chavez é uma mestiza, filha do branco Scott Chavez com uma índia dançarina de boate. Uma noite, Scott pega a esposa traindo-o, e a mata sendo, por isso, condenado a forca. Antes de morrer, Scott envia sua filha para viver na fazenda de sua prima e primeiro amor, Laura Belle, uma mulher fina e educada que recebe Pearl com muito carinho, mas seu marido, o Senador Jackson McCanles, não suporta a presença da sobrinha. O casal tem dois filhos: Jesse, um advogado bem-educado, mas ignorado pelo pai e Lewton, um homem bruto e mau caráter que, ao contrário do outro, é bajulado pelo Senador. Ambos se apaixonam por Pearl, iniciando uma briga entre os irmãos e um conturbado triângulo amoroso.

Uma palavra que pode resumir o filme é “grandioso”. E isso não é de todo um elogio. Produzido por David O. Selznick, o homem por trás de ...E o Vento Levou, o longa dá um show de cenários e fotografia, além de reunir uma constelação de astros da época. No entanto, a história incomoda o espectador, mesmo os mais conservadores, pela estereotipação dos personagens. Não tem como se conformar pela atração que Pearl sente por Lewt, apesar de o mesmo ser sempre agressivo e grosseiro com ela. A única negra no longa, empregada por sinal, é completamente imbecilizada. Enfim, mesmo com esses contrapontos, Duelo ao Sol ainda vale a pena por retratar tão bem a era dos westerns no cinema hollywoodiano.

Por suas atuações, Jennifer Jones, a Pearl, e Lillian Gish, a Laura Belle, foram, respectivamente, indicadas par o Oscar de Melhor Atriz e de Melhor Atriz Coadjuvante.

Felipe Augusto Hencklain

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Tema: Conflito amoroso
Contém: Conflitos psicológicos atenuados, violência leve

TRAILER